Início Destaque Prefeito pede colaboração da população e dos comerciantes para evitar lockdown em...

Prefeito pede colaboração da população e dos comerciantes para evitar lockdown em Guarapari

Com a situação da Covid-19 se agravando a cada dia, e com a saúde pública de alguns estados já entrando em colapso, o prefeito de Guarapari, Edson Magalhães, PSDB, fez um verdadeiro apelo hoje (04), para que a população e os comerciantes colaborem no combate a pandemia da Covid-19.

Durante coletiva de imprensa na manhã desta quinta-feira, o prefeito falou sobre um novo decreto que deverá ser publicado até amanhã com novas medidas, entre as tais, mais uma vez a proibição de ônibus e vans de turismo de entrarem na cidade (exceto aqueles que irão para pousadas ou hotéis com estacionamento), e notificação e multa para comerciantes que não exigir uso de máscara por parte de funcionários e clientes.

Para o prefeito Edson Magalhães, é inútil todo esforço da administração municipal se o cidadão não colaborar. “Cada dia que passa a situação se agrava Brasil afora. Não quero o pior para nossa cidade. Não queremos que chegue ao ponto de ter que fechar tudo (lockdown). Por isso, peço que cidadãos e comerciantes, colaborem conosco usando máscara e exigindo que usem. Estamos vivendo uma verdadeira guerra e temos tido muitas baixas “afirma Edson Magalhães.

Prefeito de Guarapari Edson Magalhães pediu a colaboração da população e comerciantes no combate a pandemia da Covid-19.Foto Manoel Alves

O prefeito afirmou que o município contará com apoio da Policia Militar para que as novas medidas constantes do decreto sejam cumpridas. Uma novidade do decreto, é que agora o município irá multar, além dos ônibus e vans, proprietários dos estabelecimentos e ou, dos estacionamentos que estejam receberem os veículos irregularmente.

“Aquela festa de ônibus estacionados as margens da BR101 (Cachoeirinha) não irá se repetir”, diz Edson Magalhães.

Multa para comerciante: O Prefeito afirmou que a fiscalização será mais rígida com o comercio para evitar que clientes entre sem máscara em estabelecimentos, ou que funcionários trabalhem sem máscara. “O comerciante que descumprir as normas inicialmente será notificado, e persistindo em não cumprir os protocolos, será multado ou até ter o estabelecimento fechado”, afirmou Magalhães.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MAIS LIDAS

Casagrande entrega carta dos Governadores pelo Clima ao embaixador dos EUA

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, entregou ao embaixador dos Estados Unidos, Todd Chapman, a carta dos Governadores pelo Clima, que...

Governador do Espírito Santo recebe primeira dose da vacina contra a Covid

O governador do Estado, Renato Casagrande, 60 anos, recebeu, na manhã desta terça-feira (20), a primeira dose da vacina contra o novo...

Programa Estadual de Sustentabilidade Ambiental levará apoio aos Municípios

Nesta última segunda-feira (19), o governador do Estado, Renato Casagrande, PSB, sancionou a Lei 11.255/2021, que cria o Programa Estadual de Sustentabilidade...

EDP Escelsa reforça medidas para prevenção de acidentes domésticos com energia elétrica

Ações simples de segurança dentro de casa podem evitar acidentes  Fernanda Lozer Com o agravamento da...

Casagrande assina Projeto de Lei que autoriza benefício para aquisição de computadores por professores

O governador do Estado, Renato Casagrande,PSB, assinou, na última quinta-feira (15), o Projeto de Lei que autoriza a concessão do benefício de...