Início Destaque Turismo médico movimenta economia: gasto médio é de até U$ 12 mil

Turismo médico movimenta economia: gasto médio é de até U$ 12 mil

Cirurgião plástico Ariosto Santos destaca o potencial turístico e a qualidade médica como atrativos do Brasil no segmento

De acordo com dados do Ministério do Turismo, a entrada de turistas vindos dos Estados Unidos, Canadá e Austrália cresceu 25% entre junho e agosto de 2019, se comparado com mesmo período no ano anterior. Este segmento de mercado, segundo estimativas da Associação Brasileira de Turismo de Saúde (ABRATUS), tem o potencial de movimentar U$ 60 bilhões no país até 2030.

“Além de estrangeiros, recebemos uma demanda alta de brasileiros que vêm de fora para visitar a família e aproveitam para realizar cirurgias e procedimentos médicos. Além das custas com saúde, essa visita movimenta toda cadeia de turismo desde as passagens, translado, hospedagem, isso sem falar do lazer, restaurantes e passeios que também são realizados. Já tivemos casos de pacientes que vieram para fazer cirurgia e também aproveitou os desfiles das escolas de samba de Vitória”, comenta o cirurgião plástico, Ariosto Santos.

De acordo com a Associação, 86% destes turistas de saúde vêm acompanhados por parentes ou familiares, contribuindo para o fomento da economia local e serviços de turismo. No Espírito Santo, estatísticas informais indicam que o gasto médio em viagens voltadas à realização de procedimentos médicos varia entre U$ 10 mil a U$ 12 mil.

Ariosto destaca que os períodos de alta do turismo de saúde são entre os meses de dezembro, janeiro e fevereiro, que são meses mais frios no hemisfério norte; e entre junho a agosto, que é a época de férias escolares na Europa e Estados Unidos.

Brasil em 1º lugar

De acordo com levantamento realizado pela Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica e Estética, o Brasil ficou em 1º lugar no ranking dos países que mais realizaram procedimentos relacionados à plástica e estética em 2018: foram 1.498.327. Entre as cirurgias mais realizadas, estão as relacionadas à mama e representam mais de 1/3 do número total realizado no país, mais de 535 mil.

Dada à importância e volume de cirurgias de mama realizadas no Brasil, este é o tema escolhido para a 33ª Jornada Centro-Oeste de Cirurgia Plástica, que será realizado entre os dias 19 e 21 de março, em Vitória. A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Espírito Santo (SBCP/ES) será a anfitriã desta edição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MAIS LIDAS

Neste sábado tem Baile Jubileu de Diamante dos 75 anos do Siribeira Iate Clube

Ainda no decorrer de abril próximo passado,com um delicioso café da manhã o Siribeira Iate Clube de Guarapari, através de seu Comodoro...

ESF Iriri realizará vacinação em horário estendido nesta quinta, 26

A Estratégia de Saúde da Família (ESF) de Iriri, em Anchieta, estará amanhã, dia 26, realizando vacinação em horário estendido para imunizar...

Sicredi inaugura a primeira agência no Espírito Santo

Para construir um futuro com mais prosperidade, em abril do ano passado, a Sicredi Aliança RS/SC/ES anunciou a sua expansão para o...

Sindicato da Construção Civil de Guarapari tem nova diretoria

Manoel AlvesNuma solenidade bastante concorrida e muito prestigiada pela empresarial capixaba, foi empossada no último dia (6) para o biênio 2022/2024 a...

Sindicato da Construção Civil de Guarapari tem novo Presidente

O empresário Nilo Carlos Severgnine (Carlinhos do Magazin Rio), assume na próxima sexta-feira dia (06) a Presidência do Sindicato da Indústria da...